SiteJornalOlhodeAguia
Noticias
09/05/2020 10:56
Pep Bonet,Um Campeão de Recordes Mundiais.
Fonte: AV Boards - Germany

 O seu Teamrider, Pep Bonet, também conhecido como Filme "The Tuscan Shaper", ganhou o chapéu:

 "Fui surfista profissional de 1988 a 1995, vivendo em Tarifa durante os tempos dourados, poucos turistas e sem pipas por perto, muita festa e boas vibrações. Comecei como júnior e principalmente competindo na Espanha, ganhei vários títulos nacionais. Minha melhor velocidade pessoal foi de 44,3 nós, o que fiz em Tarifa durante o PBA 1995. Fui treinar no Havaí, Maui, em 1995; em seguida, chegou uma carta a minha casa em Maiorca, que eu tinha que assistir ao serviço militar, perdi todos os meus patrocinadores e comecei a fotografar.  Há dois anos, fui a Lüderitz como cineasta, depois de uma conversa com Raffaello Gardelli, ele propôs ir para lá por seis semanas e eu pude fazer os vídeos e navegar, ele me emprestou uma prancha, uma barbatana e algumas velas. Fui na água depois de 25 anos sem velejar ou praticar esportes, meu único hobby era o Rock and Roll e em turnê com o Motörhead…. Fiquei muito surpreso na minha primeira vez no canal, consegui um recorde oficial para a Espanha de 50,48 a 500 metros do WSSRC! Agora, voltei ao windsurf e principalmente à velocidade, voltei a Lüderitz no ano passado e melhorei meu recorde. Super feliz por estar entre os 10 primeiros em 500m na ​​navegação por GPS. Este ano, espero que após este Covid-19 seja possível entrar na água em breve e continuar melhorando minhas velocidades. Sinto-me honrado por trabalhar e andar com pranchas AV, Aurelio tem um grande talento e sei que suas pranchas são rápidas, como Twan já provou. "  Placas AV Pep Bonet
Pep BonetPep Bonet (Maiorca, 1974) é um cineasta e fotógrafo premiado que viajou extensivamente capturando momentos profundos que representam o mundo desequilibrado em que vivemos. Seus projetos de longo prazo concentram-se em questões africanas, com seu projeto mais conhecido sendo "Faith in Chaos", um ensaio fotográfico sobre as consequências da guerra na Serra Leoa. O trabalho contínuo de Pep em todo o mundo sobre HIV / Aids e identidade levou a vários livros de fotografia e muitas exposições em todo o mundo.

 

Ele também é conhecido por uma reportagem de longo prazo sobre a banda de rock 'n roll Motörhead. Pep passou muitos anos (2008-2015) na estrada com Lemmy Kilmister, o lendário cantor da banda e criou um documento visual excepcional das muitas horas passadas na estrada com o Motörhead.

Pep se dedicou a filmar documentários. Isso resultou em vários documentários curtos e longos, entre os quais o premiado 'Into the Shadows', uma busca pela vida de centenas de milhares de africanos que vivem no centro de Joanesburgo.

 

O trabalho de Pep foi reconhecido com muitos prêmios da indústria. Tudo começou em 2002, quando ele foi selecionado para a World Master Photo Joop Swart Masterclass com seu trabalho "Faith in Chaos". Nesse mesmo ano, ele foi nomeado "um dos 30 melhores para assistir" pelo Photo District News. Pep ganhou o Kodak Young Photographer of the Year em 2003 no festival Visa pour l`image, e a Fundação Luchetta em Trieste o premiou como o melhor fotógrafo de imprensa do ano em 2004.

 

Ele foi agraciado com a concessão humanitária W. Eugene Smith em fotografia em 2005 e em 2007 ganhou o segundo prêmio no concurso World Press Photo na categoria Esportes por seu trabalho na liga de futebol de amputados na Serra Leoa. Em 2009, Pep ganhou o segundo World Press Photo Award por seu trabalho “Forced Identity”, retratando a vida de transexuais em Honduras. Em 2013, Pep ganhou seu terceiro World Press Photo Award ganhando na categoria Multimídia por Into the Shadows. Em 2015, Pep foi o destinatário do Prêmio Horbach.

 

Sua lista de publicações inclui “Generacion Perdida” (2010), “Notáveis ​​sul-africanos” (2009), “Photobolsillo”, um novo Photobolsillo de La Fabrica com uma coleção de fotógrafos espanhóis, “One Goal” (2007) e “Somália: The Invisible Trace ”(2007),“ Quadern de Bitacola ”, um livro escrito por Carles Domenec e POSITHIV + (2005), Watching in Silence (2011), 17 milagroso (2009), 217A; um livro NOOR (2008), Nós, o povo de Wacken (2014) UDR, Röadkill, Motörhead (2013)…

 

Pep é fotógrafo, cineasta e DP, trabalha em projetos pessoais, principalmente dirigindo filmes documentais e em trabalhos para clientes e ONGs. Ele frequentemente dá palestras sobre fotografia / multimídia / cinema e realiza workshops. Pep vive em Mallorca.

Sites:

http://pepbonet.com/

http://altamar.tv/

http://noorimages.com/

Link:
0 Comentários | Escrever comentário

 

Rua Augusta - Emicida


Joe Satriani - Always with me, always with you


Jeff Beck - A Day in A Life


 

 

 

Thalyta Ribeiro de Oliveira Incrível seus projetos, tanto de fotografia, quanto com a galeria e as produções audiovisuais. Apenas continue!!
Contador de Visitas
Hoje: 5.374
Desde 15/05/2011: 5.868.519
você é a favor do impeachment de Bolsonaro? Vote.
n
sim