E Hoje!! Exposição: "A Ervilha e o Elefante"do Artista Plástico Moreno Lago.Curadoria de Ana Caroline.Pelo Projeto Artista do Bairro.Partir do dia 26/05 a 10/local: Galeria olho de Águia.

26/05/2017 10:54

 A Galeria Olho de Águia, em Taguatinga, tradicionalmente atuante no campo da fotografia, cinema e novas mídias, abre novas frentesdeste o ano de 2013. A Galeria, lança o Projeto Artistas do Bairro e convida a comunidade para participar.

Mensalmente, um artista será convidado para expor suas obras que ficarçao durante 20 dias em exposição para visitação e comercialização das obras para o público da cidade. O objetivo é contribuir para a valorização e disseminação do artista e incentivar a formação de estudantes de artes plásticas.

 Para os moradores de Taguatinga é uma honra que esta águia conduzida pelo renomado fotógrafo Ivaldo Cavalcante tenha feito a sua morada distante das já acolhedoras asas do Plano Piloto.

 A Galeria Olho de Águia assentou uma trincheira e um refúgio aos diversos guerreiros quixotescos “fazedores” de arte que estão marginalizados do circuito acadêmico, da dita indústria “cultural” e da escassez das águas advindas dos incentivos governamentais.

 O acolhimento à pluralidade das manifestações artísticas traz aos seus frequentadores ora estranheza, ora epifania: marca da sensibilidade e generosidade sempre presentes no esforço empenhado pelos idealizadores e mantenedores da galeria.

 Nós, os frequentadores e moradores da cidade, também sentimo-nos atraídos pelo clima informal e a receptividade descontraída do anfitrião-galerista, que nos ensina muito sobre a história da produção cultural do DF em um bate-papo regrado a uma sempre agradável degustação: uma experiência muito distante da “linguagem de catálogo” ou do tom professoral e academicista de alguns centros culturais que podem amedrontar os que não se sentem pertencentes a esses ambientes.

 Dessa forma, a Galeria Olho de Águia representa não só um mirante que traz aos seus frequentadores um panorama do cenário artístico de Taguatinga e do DF, como também oportuniza  espaço, voz e protagonismo aos artistas locais para que possam expor suas impressões e representações do “local universal”.

 Quer sinta empatia ou reprovação aos temas e projetos acolhidos por essa galeria, uma visita ao local nos garante, em definitivo, que a indiferença por lá não tem qualquer chance de se apresentar.((Texto:

 

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

61137

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now