Ensinos que a capoeira traz: "Completa o movimento!" por Al?m das Paredes...

24/03/2014 09:39

 A Capoeira Angola é mestra em si mesma. Ensina, desconstrói, reconstrói, firma. Às vezes severa, “é biriba”. Às vezes mãe, é poesia. Não raro, em treinos, rodas ou papoeiras, alguma frase ou gesto toca no ponto certo em algo dentro de mim. Parece que, naquele dia, a corrente mágica que circula pela arte da capoeira sabia o que eu precisava ouvir ou ver. É aquele famoso insigth, segundos de comunicação instantânea que só você, ali, sozinha no meio de tanta gente, compreende para além do jogo.  

“Completa o movimento”! Três segundos de concentração, ligeiros flashs passando pela mente. Penso no jogo, no rabo de arraia. Penso na vida, nos ciclos finalizados, no que ainda há de se findar. Penso no balanço, no caminho. Penso no medo, na coragem, na confiança pra “completar o movimento” que a vida, impermanentemente, pede a nós. Penso no início do movimento. Penso que tô longe de casa, das minhas raízes. Sozinha? Não!! Oraieiê ô! Odoyá! Penso que é isso. É só seguir! 
Grafite: Denis Moreira
Assim como a Capoeira Angola - pergunta, resposta, mandinga - a vida não flui se o movimento ficar pela metade, incerto, incompreensível para os diálogos que virão para completar um ciclo, um jogo. Parece simples, não é? “Completa o movimento”! Na prática, nem sempre. Há muitos condicionamentos, daqueles que, desavisadamente, passam desapercebidos. Mas espia, a capoeira (e a vida) também pede PRESENÇA. E como em outro insigth que tive ao ouvir o professor do formigueiro onde aprendi o que é Angola: “Medo pra quê?” Movi-mente-se, mas, por favor, complete[-se]!!Acesse o site : http://alemdasparedes.blogspot.com.br/

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

56440

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now