Festival Mamulengo de RApente fecha temporada em Samambaia.Fotos:Davi Mello

Projeto encerra com o Show Encontros, unindo no mesmo palco a poeta Lília Diniz, o grupo Mamulengo Fuzuê e o rapper Markão Aborígine

24/07/2018 18:33

 

Em 2018, o projeto Mamulengo de RAPente realiza a sua terceira edição, que já passou por Taguatinga e Ceilândia. Agora, o festival encerra suas atividades na cidade de Samambaia, com oficinas no Espaço Imaginário Cultural, nos dias 25 e 27, e apresentações culturais e roda de prosa na Quadra 614, no dia 28 (domingo). A entrada é franca e livre para todos os públicos.


No dia 25, acontece as oficinas de Poesia Marginal, com Markão Aborígine, e Manipulação de Bonecos de Mamulengo, facilitada pelo grupo Mamulengo Sem Fronteiras. Já no dia 27, a atriz e poeta maranhense Lília Diniz realiza a oficina “Na rima da vida: Iniciação à poesia”. Todas no Espaço Imaginário Cultural, que fica na Quadra 103 de Samambaia Sul.


No domingo, dia 28, as atividades seguem para a Quadra 614, a partir das 16h, iniciando com a roda de prosa “Das batalhas de poesia à batalha por direitos”. Depois, se apresentam Pegada Black, a dupla de repentistas Chico de Assis e João Santana, o grupo de rap VéiOeste e Mamulengo Presepada.


Toda a programação é costurada por uma Batalha de Rimas dividida em duas etapas e encerra com o Show Encontros, às 21h30, unindo no mesmo palco Lília Diniz, Mamulengo Fuzuê e o rapper Markão Aborígine.



Histórico


Essa é 3ª edição do Mamulengo de RAPente. A estreia foi realizada no ano de 2011, com atividades em diferentes escolas públicas, apresentando o grupo idealizador Mamulengo Fuzuê, o rapper RAPadura Xique-Chico e repentistas da Casa do Cantador. Em 2014, o projeto alcançou espaços culturais de Taguatinga, Ceilândia e Plano Piloto, congregando diversos artistas do DF.


O festival propõe integrar o Rap, o Mamulengo e o Repente, por serem linguagens fortemente presentes na cultura brasileira e na diversidade cultural de Brasília. São artes latentes da nossa gente, unindo diferentes brasis e gerações, com origens distintas, mas, ao mesmo tempo, com singularidades conectadas pelo jogo de palavras, musicalidade, improviso e abordagens de crítica social.



SERVIÇO

Festival Mamulengo de RApente - Samambaia

Entrada franca

Classificação indicativa livre

Informações: 61 9.8141.5898

Programação completa: www.mamulengofuzue.com.br



SAMAMBAIA


Apresentações Culturais e Roda de Prosa

28 de julho - sábado

Associação Fuzuê - QR 614, Conjunto 6A, Samambaia Norte


16h: Roda de Prosa Cultura Popular e Urbana: “Das batalhas de poesia à batalha por direitos”

17h: Pegada Black

18h: Batalha de Rimas

19h20: Chico de Assis e João Santana

20h: Rafinha Bravoz e VéiOeste

20h40: Mamulengo Presepada

22h: Final da Batalha de Rimas

21h20: Show Encontros: Lília Diniz, Mamulengo Fuzuê e Markão Aborígine22h: Encerramento com Lília Diniz.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, no palcoA imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Compartilhas Noticia

Tags

Comentários

Comentários

Escrever Comentário

39645

Subscribe to see what we're thinking

Subscribe to get access to premium content or contact us if you have any questions.

Subscribe Now